Como fazer sopa de missô: 3 passos para um prato delicioso

Como fazer sopa de missô: 3 passos para um prato delicioso

Na China e no Japão existe um ingrediente que está presente em quase todas as refeições: o Missô. Tanto no jantar quanto no lanche, ele é capaz de estimular a digestão e fornecer mais energia para o nosso corpo. Com isso, o ingrediente atravessou as fronteiras e hoje está presente em qualquer cardápio e em diferentes preparações, como a sopa de Missô.

Existem no mercado linhas de produtos especiais que podem ser utilizadas na sua receita. Além de um sabor interessante, utilizar o Missô nas refeições ajuda a aumentar a quantidade de nutrientes indispensáveis para o organismo.

Quer saber mais? Acompanhe este post e saiba como é feito o Missô e quais são os seus benefícios nutricionais. Descubra, também, como fazer uma saborosa receita de sopa com esse componente. Vamos lá?

Afinal, o que é o Missô?

Esse tradicional ingrediente oriental é feito a partir de grãos fermentados que contêm diversas bactérias benéficas. O Missô é uma pasta normalmente composta por soja e sal sendo possível, ainda, encontrá-lo fermentado em arroz, cevada e feijão. Ele se forma a partir da fermentação natural que dura cerca de 3 meses, resultando em um alimento rico em enzimas.

No Japão, o Missô é bastante utilizado compondo o café da manhã, servido sempre em uma tigela. No entanto, é possível usá-lo em outros pratos — como é o caso da sopa de Missô, servida em um prato fundo. Superprática, ela é a opção ideal para refeições nutritivas e saborosas. Confira, a seguir, como prepará-la!

Como fazer a sopa de Missô?

1. Separe os ingredientes

Essa receita é bem simples de ser executada. Você vai precisar dos seguintes ingredientes:

  • 3 xícaras (chá) de água;
  • 1/2 envelope de dashi (ou caldo de peixe);
  • 2 colheres (de sopa) de Missoshiru Tradicional;
  • 150 g de tofu em cubos;
  • cebolinha picada (a gosto)

2. Prepare a base da sopa

Para preparar a tradicional sopa de Missô, você deve misturar em uma panela a água e o dashi. Em seguida, deixe a mistura no fogo até ferver. Ao iniciar a fervura, abaixe o fogo e adicione o Missô. Continue mexendo de maneira rápida para que a pasta dissolva. Ao formar um caldo homogêneo, reserve.

3. Inclua outros ingredientes na sopa

Separe, em potinhos individuais, o tofu em cubos e os adicione à sopa de Missô. Se quiser, pode finalizar adicionando a cebolinha por cima. Sirva em uma tigela ou prato fundo.

Essa receita rende 6 porções. Prática e rápida, não é mesmo?

Quais são os benefícios do Missô?

Ao ingerir a tradicional sopa de Missô, além de ter o prazer de degustar todo o sabor e requinte do ingrediente, você ainda contará com inúmeros benefícios nutricionais. Isso porque o Missô contém aminoácidos essenciais que ajudam a fortalecer o sistema imunológico e reduzir os níveis do colesterol LDL — o colesterol ruim — do corpo.

Além disso, é repleto de vitaminas B2, E e K, cálcio, ferro e potássio. Ele aumenta as concentrações de bactérias benéficas no intestino, fazendo com que os organismos probióticos trabalhem na manutenção e fortalecimento do digestivo. Esses benefícios ajudam a reduzir as chances de surgir doenças como câncer de mama, pulmão, cólon e próstata.

Viu só como um único ingrediente pode trazer inúmeros benefícios para a sua saúde? Para tanto, não se esqueça de contar com produtos de qualidade, pois os benefícios nutricionais e o sabor dependem, exclusivamente, de alimentos bem selecionados, higienizados e conservados. Então procure por produtos Sakura.

Essa empresa tem mais de 300 diferentes produtos e é a única no planeta a desenvolver a escala industrial a fermentação da soja e do milho. Isso garante a ela ter produtos exclusivos, como o molho de soja light, o molho de soja em embalagens PET e conservas vegetais em embalagem abre-fácil, dentre outras inovações.

Quer receber mais informações sobre alimentação saudável e saborosa? Se você assinar a nossa newsletter, terá a oportunidade de receber diretamente no seu e-mail outras dicas valiosas como as que você acabou de ler. O que acha da ideia?

Sem comentários

Insira um comentário