Como reduzir o consumo de sal no meu dia a dia?

Como reduzir o consumo de sal no meu dia a dia?

Ele não é um inimigo da saúde, mas o consumo de sal em excesso pode trazer riscos, sim. O sódio, naturalmente presente em alimentos como peixe, carne, algas e ovos, é essencial para bom funcionamento dos músculos e do coração. Mas a recomendação é que a sua ingestão seja de apenas 5g por dia. No entanto, o brasileiro consome em média 12g diárias.

O consumo de sal de maneira exagerada acarreta hipertensão arterial, principal fator contribuinte para desenvolver doenças cardiovasculares, como infartos, insuficiência cardíaca, angina, além de acidente vascular cerebral (AVC), insuficiência renal ou paralisação dos rins e alterações na visão que podem levar à cegueira. Além disso, agrava a retenção de líquidos e o inchaço.

A diminuição do consumo de sal no dia a dia é a medida que mais traz resultados positivos na redução da pressão arterial. Se você se interessou mais pelo assunto e quer reduzir a ingestão, mas ainda não sabe como, acompanhe nosso post e veja como melhorar sua saúde hoje mesmo. Boa leitura!

Campeões em sódio: congelados e industrializados

Para diminuir o consumo de sal, o primeiro passo é descobrir quais são os alimentos mais ricos em sódio e que estão presentes na sua casa. Geralmente, é o caso dos alimentos processados, enlatados, congelados e industrializados. Evite comprá-los e escolha sempre produtos frescos.

Fique de olho nas embalagens e procure as palavras “sal”, “sódio”, “soda” ou os símbolos “Na” e “NaCl”, pois isso indica que o alimento contém sal. Tome cuidado também com produtos light ou diet que compensam o sabor perdido devido à pouca quantidade de gordura, com valor exagerado de sódio.

Dicas para reduzir o consumo de sal

Parece difícil, mas com novos hábitos e usando alguns truques você consegue, aos poucos, diminuir a ingestão exagerada de sal no seu dia a dia. Veja algumas dicas:

Tempere a comida depois de pronta

Algumas formas de cozimento roubam o sal dos alimentos e, com isso, usa-se mais tempero que o necessário. Portanto, tempere a comida somente na sua finalização.

Acostume seu paladar com comidas menos salgadas

Assim como nas dietas, o radicalismo aqui não funciona. Recomenda-se reduzir gradualmente, para que suas papilas gustativas e o cérebro se adaptem ao novo sabor menos salgado. Em três semanas já é possível tolerar a alteração do sabor dos alimentos.

Invista no potássio

Os alimentos ricos em potássio auxiliam na redução da pressão arterial e cortam os efeitos do sal no organismo. Portanto, inclua espinafre, laranja, feijão e beterraba na sua rotina.

Use outros tipos de tempero

Para reduzir o consumo de sal e, ainda assim, preparar comidas saborosas, invista em especiarias e ervas como cebola, Molho de Alho Kenko, Molho de Pimenta Bravo Original, Molho Inglês Kenko, Missô, orégano, Curry Kenko, tomilho, manjericão, folhas de louro, alecrim etc. Abaixo você confere mais algumas especiarias e seus benefícios:

  • alho: é anti-inflamatório natural e tem função hipotensora, vasodilatadora e sudorífera;
  • cebola: realça o sabor das refeições e também ajuda a circulação sanguínea;
  • gengibre: bom para realçar o sabor de sopascaldos e cozidos (deve ser descartado no final do cozimento);
  • pimenta: reduz o colesterol, melhora o sistema imunológico, ajuda na digestão, na circulação sanguínea e na eliminação de bactérias nocivas ao organismo;
  • limão: excelente tempero para peixes e saladas. Aumenta as defesas do organismo e, por conter fibras solúveis, facilita a digestão e regula a absorção de açúcares;
  • hortelã: deixa a comida com cheiro delicioso, além de ter ação antioxidante, expectorante, analgésica e estimulante;
  • salsinha: contém antioxidantes e age como anti-inflamatório. Vai bem nos assados, legumes, massas, sopas, carnes frango;
  • coentro: anti-inflamatório gastrointestinal, antimicrobiano, diurético e reduz a formação de gordura nas artérias do coração;
  • noz-moscada: é estimulante, diurético, anti-inflamatório gastrointestinal e digestivo;
  • orégano: tem ação antifúngica, antimicrobiana, antioxidante;
  • alecrim: estimula a secreção biliar, é hipertensor, antigases, diurético e digestivo gástrico.

Como você viu, é possível reduzir o consumo de sal sem abrir mão de refeições saborosas. A escolha dos temperos é de grande importância, pois a sua qualidade influencia no sabor da comida e ainda traz benefícios para o corpo. Se você deseja conhecer os nossos produtos e adicionar mais sabor e saúde no seu dia a dia, entre em contato conosco. Nós podemos ajudar você!

Sem comentários

Insira um comentário