Do curry ao Karê Rice – um clássico japonês com tempero indiano

Do curry ao Karê Rice – um clássico japonês com tempero indiano

Uma complexa combinação de especiarias surgida na Índia deu origem ao prato mais tradicional do Japão

Se tem um tempero que não passa despercebido na cozinha é o curry. Surgido na Índia, ele acabou ganhando o mundo e influenciando a culinária de diversos países. No Japão, por exemplo, colaborou na criação do prato mais amado do país: o karê raisu.

Mas por trás do que pode parecer um simples ingrediente esconde-se uma fórmula fascinante, com dezenas de condimentos que, juntos, formam uma apaixonante mistura de cor amarelada, aromática e com sabor marcante.

A descoberta do curry

Para contar essa história, vamos voltar no tempo, até a Índia do século 15. Foi lá que conquistadores britânicos se depararam com um costume culinário muito peculiar. Ao temperar suas receitas, os cozinheiros locais criavam misturas saborosas que podiam chegar a ter mais de vinte plantas e ervas tostadas e moídas. Na tentativa de nomear essa façanha hipnotizante – e deliciosa –, surgiu a palavra “kari”, da língua indiana tâmil, que significa algo como “caldo temperado”. Para os ouvidos ingleses, ela virou “curry”.

De volta ao seu país de origem, os colonizadores tentaram replicar o enigmático kari. Como não havia uma lista oficial de ingredientes, aproveitaram-se da liberdade criativa para fazer acréscimos inusitados à mistura inicial – como a maçã, que ajudaria a adoçar o tempero e adaptá-lo ao paladar ocidental. Alguns itens, porém, sempre foram obrigatórios no preparo do curry: açafrão, pimenta vermelha, cardamomo, gengibre, cravo, canela, erva-doce, cebola, cominho, coentro e cúrcuma.

Daí em diante, a receita inglesa do curry espalhou-se pelo mundo à moda antiga: pelo mar, levado em navios como herança cultural de colonizadores, mercantes e escravizados. Era só uma questão de tempo até o curry invadir as terras japonesas.

Karê, o curry japonês

O curry chegou ao Japão depois de um período de seca cultural. Por mais de 200 anos, as fronteiras japonesas estiveram fechadas para o comércio com mercados internacionais. Com a reabertura, na segunda metade do século 19, os britânicos trataram de apresentar ali sua adaptação culinária, que já vinha fazendo sucesso em países como a China e a Tailândia.

Não deu outra! O curry foi rapidamente adotado pelos japoneses, com a pronúncia “karê”, e começou a ser usado para fazer os caldos de carnes e vegetais servidos aos soldados do exército. Em 1877, ele já aparecia em restaurantes de Tóquio sob a forma que em breve viraria tradição nacional: o karê raisu.

Karê raisu (ou karêrice) nada mais é do que a pronúncia japonesa de “curry rice”. O prato consiste em uma porção de arroz de grãos pequenos acompanhada de uma suculenta mistura de carnes e vegetais cozidos em um saboroso e consistente caldo com curry.

A novidade deu tão certo que logo surgiram versões industrializadas de curry em pó ou em tablete, tornando ainda mais prático e acessível o preparo do karê rice nos lares japoneses e popularizando a receita país afora.

O preparo do karê raisu

Para dar aos brasileiros a oportunidade de fazer e saborear esse prato em casa, a Sakura uniu-se a uma gigante do ramo alimentício: a House Foods, uma das pioneiras em distribuir o curry em pó pelo Japão nos anos 1920. Em 1954, a empresa lançou uma versão em tablete de sabor enriquecido e com potencial espessante, ideal para um preparo rápido e simples. Foi por meio dessa parceria que chegou até nós o novo Vermont Curry.

O passo a passo do karê rice não tem segredo. Primeiro, salteie cubos pequenos de carnes e vegetais; depois, cozinhe-os em água por cerca de 15 minutos. Adicione o Vermont Curry e mexa bem, cozinhando por mais 10 minutos até o caldo engrossar. Sirva com uma porção de Arroz Japonês Sakura.

Ficou com água na boca? O Vermont Curry chega ao Brasil em três versões diferentes, que variam em grau de picância: Mild (suave), Med Hot (médio) e Hot (picante). Inspire-se para temperar outros pratos do dia a dia com o novo integrante da família Sakura!

Sem comentários

Desculpe, os comentários estão indisponíveis no momento.