Faça sushi em casa!

Faça sushi em casa!

Cortar o peixe e preparar os famosos pratos frios da culinária japonesa é mais fácil do que você imagina

Se você, como a gente, ama comida japonesa, deve estar sentindo falta daquela visitinha ao rodízio nos últimos meses. Além da variedade do cardápio, é difícil resistir à facilidade e segurança de comer peixe cru fora de casa.

A boa notícia é que essa experiência pode ser recriada na sua própria cozinha de um jeito seguro e até mais barato do que nas saídas para restaurantes. Com alguns cuidados básicos, você prepara sushis com os principais peixes da comida asiática, evitando indisposições e garantindo um resultado saboroso.

Onde e como comprar o peixe

Seja em mercados, feiras ou peixarias, opte sempre pelo peixe fresco. Esse termo indica que o peixe não foi congelado e descongelado mais de uma vez e, por isso, você terá a melhor qualidade de cor, sabor e textura.

Se precisar, peça ajuda ao peixeiro. Explique que a compra é para fazer sushis e solicite um filé de peixe limpo, sem espinhas e sem pele para facilitar o seu trabalho. Calcule a quantidade que vai usar de carne para evitar desperdícios: 1 kg de salmão, por exemplo, é suficiente para preparar sashimi para cerca de seis pessoas.

Armazenamento: congelar o peixe ou não?

Depois da compra, tente consumir nas próximas 24 horas. Se a ideia é usar o peixe já no dia seguinte, uma dica é embalar bem com filme plástico e refrigerar na prateleira de cima ou com pedras de gelo em volta.

Se não pretende preparar os sushis tão cedo, o ideal é guardar no congelador e descongelar em geladeira antes de usar. Tenha em mente que o descongelamento pode prejudicar cor, sabor e textura do peixe, e que é preferível descartar a consumir a carne se ela estiver deteriorada ou fora dos padrões adequados.

Cortando o peixe

Se o peixe já foi limpo no mercado, você não terá grandes desafios. É bom verificar se não ficou nenhuma sobra de pele e espinhas e limpar delicadamente com uma faca grande e afiada para não desperdiçar carne.

Para cortar sashimis, não tem segredo. Use a mesma faca para fatiar filetes do peixe escolhido em movimento contínuo, começando pelo calcanhar da lâmina e deslizando até a ponta, sem serrilhar.

Se quiser que seus filetes não fiquem muito altos, sejam mais uniformes e tenham lados iguais, basta aparar as bordas do filé até obter o tamanho desejado. Guarde as aparas para depois! Você ainda pode aproveitá-las em cubos pequenos para fazer niguiris, temakis e tartar.

Depois das refeições

Se tiver sobras de peixe fresco, refrigere apenas se for utilizar no dia seguinte e não use na opção crua. Muito importante: o peixe congelado que foi descongelado não deve voltar nunca para o freezer.

Agora é só treinar a mão para encontrar o seu jeito de cortar e experimentar alguns preparos em casa! Separamos para você algumas receitas deliciosas com peixe para inspirar suas próximas refeições:

Nigirizushi: um tipo de sushi tradicional e com poucos ingredientes

Temaki: o clássico preparo com salmão, Sakura Premium e cebolinha.

Carpaccio de salmão: uma entradinha saborosa para o cardápio de um dia especial.

Poke havaiano, cheviche peruano e sushi em tigelinhas: refeições completas com explosões de sabores dentro de uma tigela.

Atum com gergelim: fatias assadas, crocantes e saborosas.

Baterá de atum e salmão: cubos de arroz prensado e coberto com sabores intensos de Gengibre e Wasabi Kenko.

Hot roll: empanado e frito, um queridinho dos brasileiros.

Niguiri de salmão empanado: uma ótima ideia para aproveitar as sobras do peixe fresco!

Sem comentários

Insira um comentário